domingo, 25 de janeiro de 2015

Michelson Borges fala sobre criacionismo e o papa


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A bíblia aprova a pena morte?


Pessoas otimistas têm coração mais saudável

Rosalba Hernandez destaca que mesmo uma diferença moderada na saúde cardiovascular se traduz em uma redução significativa nas taxas de mortalidade.

Otimismo e coração

As pessoas que têm perspectivas otimistas sobre a vida têm significativamente melhor saúde cardiovascular, segundo um novo estudo que analisou a associação entre otimismo e saúde do coração.

"Indivíduos com níveis mais altos de otimismo têm o dobro de chance de estar com a saúde cardiovascular ideal em comparação com os seus pares mais pessimistas," resume Rosalba Hernandez, pesquisadora da Universidade de Illinois (EUA).

"Esta associação continua a ser significativa mesmo após o ajuste para as características sociodemográficas e má saúde mental," continua Hernandez, que incluiu mais de 5.100 adultos em seu estudo.

A saúde cardiovascular dos participantes foi avaliada através de sete métricas: pressão arterial, índice de massa corporal, glicemia e colesterol sérico em jejum, ingestão alimentar, atividade física e uso de tabaco.

Os dados mostraram que a nota total de saúde dos voluntários aumenta lado a lado com os seus níveis de otimismo.

Seja otimista, seu coração vai ficar bem

As pessoas mais otimistas apresentaram duas vezes mais propensão a ter uma saúde cardiovascular ideal e 55% mais propensão a ter uma pontuação total em saúde na faixa intermediária.
Os otimistas apresentaram melhores níveis de açúcar no sangue e menores níveis de colesterol total do que os pessimistas ou não otimistas. Eles também são mais ativos fisicamente, apresentam índices de massa corporal mais saudáveis e são menos propensos a fumar.

Outros estudos já haviam concluído que o otimismo fortalece o sistema imunológico,melhora saúde e faz viver mais.

Via Diário da Saúde

Este GIF mostra a Assustadora situação do aquecimento global


Na semana passada, a NASA (Administração Nacional da Aeronáutica e do Espaço) e a NOAA (Administração Nacional da Atmosfera e dos Oceanos) anunciaram que 2014 foi o ano mais quente na história da Terra desde que os dados começaram a ser registrados. A animação acima, feita pela Bloomberg, coloca esta descoberta sob um foco apurado.

A maioria dos gráficos que retrata a temperatura crescente do planeta apenas mostra uma barra, indicando a média ao longo dos anos. Nesta animação, no entanto, vemos os recordes mensais de cada ano sobrepostos uns aos outros, com uma nova série temporal em cada quadro. A linha pontilhada que representa a média do ano também se move a cada ano, enquanto os registros antigos desaparecem no fundo.

O gráfico indica variações de -1° F, -0,5° F, 0,5° F, 1° F e 1,5° F. Além disso, entre o -0,5° F e o 0,5° F, aponta a média de temperatura no século XX.

O que ele representa? Tanto uma visualização de dados clara quando a verdade terrível de que nosso planeta está ficando cada vez mais quente. Treze dos quatorze anos mais quentes já registrados aconteceram no século XXI – e parece improvável que esta estatística melhore nos próximos anos, se não agirmos se forma dura e rápida.

Via [Gizmodo]

▲ TOPO DA PÁGINA